RSS

Resenha A Caçada – Clive Cussler

A Caçada.inddOlá pessoal, tudo bem? Hoje vou apresentar para vocês a resenha do livro A Caçada do autor Clive Cussler. Acreditam que esse foi o primeiro livro que li do gênero policial? Vocês não imaginam como esse livro foi importante para que eu me apaixonasse por esse gênero literário. Bom agora chega de papo e vamos a resenha!!!!

A história se passa pelo início de 1900 nos Estados Unidos, onde um ladrão de bancos está deixando as autoridades locais, banqueiros e empresários de cabelo em pé, pois, o Assaltante Açougueiro como a mídia o chama, planeja muitos bem tanto os assaltos como sua fuga, fazendo com que a polícia seja taxada de incompetente.
Após o ladrão executar mais um assalto perfeito deixando vítimas mortas e fugindo sem deixar nenhum rastro com o dinheiro roubado, as autoridades solicitam ajuda para a renomada agência de detetives Van Dorn, a qual enviam seu melhor detetive para investigar os roubos e crimes cometidos em cidades mineradoras dos EUA.
Isaac Bell, é um detetive muito inteligente e que dispõe dos melhores recursos a sua disposição para começar a planejar de que forma pode identificar e levar em custódia o Assaltante Açougueiro.

A trama é muito bem narrada pelo autor, que consegue deixar o leitor cada vez mais impressionado com a riqueza de detalhes e reviravoltas muito bem encaixadas no enredo.
Conforme a história vai se desenvolvendo, Bell está cada vez mais desanimado em não obter nenhuma informação sobre o ladrão de bancos, até que uma pessoa lhe dá uma informação valiosa sobre o possível suspeito e, aí começa realmente a verdadeira “caçada” em busca do criminoso. Porém o detetive nem em seus melhores sonhos pode imaginar que também está tendo seus passos vigiados por uma pessoa muito próxima do vilão. É nesse momento que Bell precisa elevar seus níveis de investigação e inteligência para que sua própria vida não comece a correr perigo. Como se isso ainda não bastasse, o vilão é a última pessoa que vocês podem imaginar, o que certamente dá um clímax sensacional a toda trama. Como dizem: “eu desconfio inclusive da minha própria sombra”, então vão ler para descobrir esse maravilhoso mistério!!!!

Além disso, Bell apesar de todo o seu charme e elegância é um homem solteiro que até então nunca havia conhecido uma dama que fisgasse seu coração. Nesta trama algumas pretendentes irão aparecer, porém não posso dizer se no final da história ele realmente vai encontrar sua alma gêmea, mas com certeza vocês vão gostar e muito dessa parte também.

Em um momento chave da trama, todos nós sabemos que não existe crime perfeito e, por mais inteligente e metódico que um fora da lei seja, chega um momento que ele se sente tão confiante que acaba cometendo pequenos erros, o que são suficientes para que o detetive Isaac Bell finalmente consiga reconhecer a identidade do Assaltante Açougueiro e impedir que ele faça um novo assalto e mate as vítimas, levando o criminoso a custódia.

Confesso a vocês que eu adorei tanto esse livro ao ponto de ler ele por duas vezes e, é como se estivesse lendo pela primeira vez. Sempre gostei muito da época em que não se tinha telefone, computadores e todos os recursos que temos disponíveis atualmente, então o autor se superou em escrever um livro investigativo relembrando como era árduo e difícil o trabalho policial naquela época em que, o recurso para comunicação entre as agências era apenas por meio de telégrafo (isso quando as linhas não estavam interrompidas devido ao mau tempo), os meios de deslocamento eram feitos por trens ou cavalos, pois somente os mais ricos podiam se dar ao luxo de ter um automóvel. Então diante desses detalhes, vocês imaginam a grande aventura que Isaac Bell viveu em seus dias de caçada ao Assaltante Açougueiro.

Bom pessoal, vou encerrando a resenha por aqui e esse é um livro que eu recomendo e muito para vocês lerem, pois certamente vão gostar muito.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13/12/2015 em Suspense Policial

 

Resenha The King – Steven James

The KingNo sexto livro da série, Os Arquivos de Patrick Bowers, um agente especial do FBI com doutorado em criminologia ambiental para ajudar a lei a capturar os mais temidos seriais killers, Steven James com sua narrativa instigante é capaz de deixar o leitor querendo descobrir todos os mistérios que envolvem a trama neste livro.

A história começa com a volta do serial killer Richard Devin Basque, que após ser capturado e condenado por Patrick há 13 anos, após assassinar inúmeras mulheres removendo seus pulmões, intestinos e após isso comê-los, uma divergência no DNA foi descoberta (livro O Cavalo) e, um novo julgamento ocorre sentenciando desta vez Basque como inocente.

Porém ele não dá valor a sua liberdade e, acaba voltando a cometer assassinatos da mesma maneira que no passado, porém desta vez sua vítima é nada mais nada menos que a noiva de Bowers, a agente Lien-hua Jiang.

Após estarem em um momento de descontração em um piquenique juntamente com Patrick e sua enteada Tessa (agora ela já está com 18 anos), Basque se esconde dentro do carro de Lien-hua e a surpreende quando a mesma está em seu carro.

Graças ao seu treinamento de kick boxing, a noiva de Pat consegue escapar após ser brutalmente ferida no pescoço e quase ter um pulmão perfurado. Após isso, a busca e a captura por Basque é prioridade para o FBI e uma questão pessoal para o agente Bowers.

Além da caça a este serial killer, Pat ainda precisa se preocupar com a formatura de Tessa, com o vício dela pelo cigarro e com relação ao rapaz que está interessado em sua enteada, além é claro dos preparativos para seu casamento.

Pode parecer que já é muita coisa acontecendo durante a trama, porém o irmão da Diretora do FBI, Margareth Wellington acaba morrendo e, após as investigações iniciais apontarem para um suicídio, Margareth pede a ajuda de Bowers e, ele juntamente com a ajuda de seu melhor amigo Ralph e Lien-hua acabam descobrindo que tudo não passa de um ataque que está sendo premeditado pelo terrorista russo Valkyre (o qual apareceu pela primeira vez no livro A Rainha).

Sendo assim, os agentes do FBI precisam correr contra o tempo para que mais pessoas não acabem cometendo suicídio através de um medicamento falsificado que é receitado para pacientes com síndrome de depressão. Porém no lote falsificado, existe uma substância que leva as pessoas a cometerem suicídio.

Como se tudo isso ainda não bastasse, Basque é capturado quando havia sequestrado uma mulher e sua respectiva filha (essa mulher tem uma ligação com o passado de Bowers), porém mesmo após ser preso e estar sendo mantido preso no quartel general do FBI aguardando julgamento, Basque recebe uma cooperação de Valkyre e, após fugir, ele quer vingança novamente contra Bowers e, desta vez sua vítima é a enteada de Patrick.

Após ser raptada durante sua festa de formatura, Tessa por muito pouco não acaba morrendo afogada, mas Pat acaba conseguindo salvar sua vida, que neste livro ambos já se tratam respectivamente como pai e filha.

Como Pat precisa escolher entre prender novamente Basque ou salvar a vida de sua filha, ele acaba deixando Basque fugir e, mesmo após o serial killer estar com queimaduras em seu rosto, após mais de um mês e meio de busca pelo FBI seu corpo ainda não foi encontrado, porém até o momento mais nenhum assassinato foi cometido após Basque estar foragido.

No final do livro, finalmente Patrick acaba se casando com Lien-hua Jiang e, Tessa é escolhida para ser a dama de honra do casal, o que deixa Pat totalmente orgulhoso e, deixa os laços entre pai e filha cada vez mais fortes!!!!!

Espero que gostem da resenha, grande abraço!!!!!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13/12/2015 em Suspense Policial